pontos-de-vista: o missionario

Interessante ler (ouvir, ver) pessoas colocando suas idéias (conceitos) sobre Missoes... obviamente eu também tenho minha idéia, mas pra conversar aqui, quis expandir um pouco meu "lado" de visao... porque eu acho interessante que algumas pessoas consideram "missionario" somente aquele "enviado", sustentado por uma igreja... eu, penso um pouco mais longe, mas... procurando aqui e ali, no meu precioso google, olha o que eu encontrei no site wikipedia


Diz-se um missionário alguém que tem por função a pregação religiosa em locais onde sua religião ainda não foi difundida, realiza trabalho de promoção social ou em local que necessite de reavivamento de sua crença ou religião. É uma figura comum dentro de diversas crenças. Na verdade dentro da concepção cristã, missionário é a figura do plantador de igrejas; Muitos confundem missões com atividades em regiões internacionais, porém, as missões podem ser locais, regionais, estaduais, nacionais, internacionais, mundiais, enfim, tudo vai do despreendimento do missionário.


E olha o que diz sobre MISSOES:
"As missões são iniciativas religiosas destinadas a propagarem os princípios do Cristianismo entre povos não cristãos. Se baseiam em princípios da teologia cristã em imitação do ministério de Jesus Cristo e em cumprimento do mandamento que deu aos seus apóstolos para pregarem o Evangelho pelo mundo." 


E comecei a procurar na Biblia, algumas passagens que falam sobre "ir" ou "pregar o evangelho"... e a passagem mais conhecida talvez seja aquela de Marcos 16.15: "E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura". 


Jesus logo depois de ressuscitar deu aos apostolos a "incumbencia" de levarem o evangelho ao mundo... né? eu procurei e procurei e nao vi onde dissesse que fazer missoes é (somente) encontrar uma igreja, ser enviado e sustentado por ela... Olha nao to querendo "comprar briga" aqui, mas eu acho que LIMITAR a açao de "fazer missoes" é como limitar "missoes" e Jesus nunca deu esse limite! Claro, essa limitaçao foi dada pelo homem, seja por organizaçao ou o que for, mas apenas acredito que nao considerar "missionario" o cara que sai mundo a fora falando de Jesus, levando amor, levando paz, buscando vidas é muito pequeno, muito pequeno! Mas pensando bem é bem humano...

Sabe muita gente jah conhece minha "historia"... em 1993, eu entao com 20 anos , depois de uma pregaçao de uma Missionaria na igreja em que eu fazia parte no Brasil (Eloni Rosa), meu coraçao ficou muito comovido com a idéia de sair de casa, da nossa segurança, da nossa rotina e sair levando o evangelho pra outros lugares... senti essa "comoçao".. nao vi um "ponto" uma "luz" mas dentro de mim alguma coisa mudou... assim como minha vida. Desmanchei um casamento quase marcado, porque nao via ali, abertura pra ir mais longe.. e era onde eu queria ir.. mais longe, ver outros povos, ampliar minha visao sobre mundo e assim "IR" e pregar o evangelho, falar de Jesus e meu amor por Ele, viver, ajudar, amar... essa era minha idéia!! Mas isso nao era "tao simples" assim né... hehe...

Bom, encurtando o assunto, em 2000 casei com o Paulo e em 2002 resolvemos deixar nossa casa no Brasil (empregos, tudo!!) e irmos, por nossa conta e "risco" ajudar, levar, pregar aonde houvessem portas abertas.. nosso coraçao era muito parecido, ambos tinhamos uma incrivel vontade de estar em outros lugares, ajudar nas igrejas, abençoar pessoas, estar perto das dificuldades, amar... Abril de 2002 fomos pros Estados Unidos ajudar numa igreja (e uns amigos) no estado de Illinois (em Champaign, perto de Chicago)... de lah, fomos pra Inglaterra onde a igreja de lah "clamava" por ajuda, por coraçoes dispostos.. e isso a gente tinha de sobra e fomos, sem medos e ficamos lah por quase 3 anos... voltamos ao Brasil quando meu pai ficou doente... eu tive meu filho mas o Brasil jah nao era mais a "nossa casa".. a gente sabia que poderia dar mais.. o tempo, as dificuldades, a morte do meu pai, meu filho entao bebezinho nao aplacaram nem um pouco nossa vontade de continuar, de ajudar, de procurar, de se envolver, de se doar... viemos pra Italia em fevereiro de 2008 e aqui nesses quase 4 anos, estivemos ajudando em algumas igrejas, fizemos muitos amigos, ajudamos pessoas, levamos "boas novas" por onde passamos, deixamos nosso dinheiro, nossa amizade, nosso coraçao... nesse tempo ficamos pouco fixos em uma igreja, nunca conseguimos encontrar uma perto da nossa casa, mas com certeza FOMOS "igreja" na casa de muita gente... nesse tempos alguns vieram a nos, procuraram apoio, procurarm teto, amor e encontraram, digo sem medo... 

Quando saimos do Brasil (jah disse isso, mas vale falar novamente) eu disse na igreja que estariamos levando conosco uma "chave" e que onde vissemos uma "porta" que Deus tivesse colocado na nossa frente, nos abririamos e entrariamos.. e nesse tempo MUITAS portas apareceram e nunca tivemos medo de entrar por nenhuma delas.. algumas deixaram marcas, algumas machucaram, algumas trouxeram felicidade, crescimento e Deus sempre esteve conosco.. jah foram tempos dificeis, de solidao, de falta, de tristeza, de medo mas nunca perdemos em nosso coraçao a vontade de IR... de LEVAR...eu achava que aqui na Italia seria onde parariamos.. aqui Deus nos abençoou, nos deu outra filha, nos fez crescer como familia mas Deus queria mais... Hoje estamos indo pra Madri, na Espanha...  mais uma porta que estamos abrindo sem medo acreditando (sempre) que do outro lado ha algo de Deus pra nos, ha mais onde IR, mais o que LEVAR, mais o que COMPARTILHAR...

Nos nunca recebemos um tostao de nenhuma igreja, nunca tivemos nenhum tipo de "titulo", nunca fomos convidados a nenhum tipo de "palestra" mas isso nunca tirou de nos a certeza de que estavamos indo por Deus e pra ser uma canal, um braço, uma missao!!! Meu marido trabalha bastante e tem crescido na sua profissao, mas ainda assim gastamos nosso tempo e dinheiro investindo em VIDAS, em todos os sentidos...

Quem sou eu? quem somos nos? digam o que disserem, no nosso coraçao somos sim "missionarios" de Deus e   Deus tem nos dado a graça de levar nas nossas costas, aonde estivermos o EVANGELHO de Cristo e nada mais... sem titulos mas com um coraçao disposto a fazer o que Deus colocar na nossa mao!

Pensa aih, ve se seus conceitos nao estao meio "limitados" porque Deus nao tem limites! Imagina quantos missionarios existem pelo mundo que nem sao lembrados (sequer em oraçao) porque nao sao considerados "verdadeiros missionarios"!!!

beijao e bom domingo

arrivederci Italia.. ci vediamo presto!!!

Bom, tava esperando o momento certo de dar a noticia... hehe... mas como disse que as novidades eu sempre daria aqui em primeira mao... pois bem, estamos indo "embora", quer dizer, estamos deixando nossa Bella Italia por um tempo, que acredito necessario mas nao acho que seja definitivo... acho... Meu marido esta sendo transferido para Madri, (sim, Espanha) a trabalho e obviamente estamos indo todo nos!!! Vai ser um tempo novo (de novo!!!) mas um tempo de renovaçao de esperança, de crescimento... profissionalmente vai ser muito bom pra ele, e com isso emocionalmente também e assim, todos ficam mais felizes!!!

Bom.. tempo novo... cidade nova... expectativas novas... idéias novas... coisas novas e... lingua nova!! baaaaaahhhhhh... e lah vamos nos!! e depois do ingles, do italiano, isso sem falar no bom portugues, espanhol!!! uau.. show de bola!!! pelo menos depois dessa historia toda seremos uma familia "poliglota" hehehe.. chique né... que seja! tudo que venha para acrescentar nessa vida é sempre bem vindo!!! Imagina o crescimento que meus filhos estao tendo na vida!!!

Mas nosso coraçao fica aqui, assim como nossa casa... serah alugada, mas continuarah aqui, esperando nosso retorno, que acredito (pelo menos por enquanto) acontecerah! Acredito que estamos indo por (mais) um periodo de crescimento, de aprendizado, de amadurecimento pra entao podermos (quem sabe) voltar mais fortes, mais sabios e ainda colher tudo o que foi plantado nessa terra... acreditamos realmente que Deus nos trouxe pra cah e fixou nossas raizes aqui... meus filhos sao italianos, tem seu coraçao aqui... o Pedro AMA o Brasil Da Voh, dos tios, mas diz que a sua casa é aqui na Italia... e como dizem: "o bom filho a casa torna".. hehe... quem sabe voltamos mais fortes, mais preparados, mais unidos como familia!!! Mas do futuro, soh Deus consegue saber exatamente o que acontecerah...

Uma coisa é certa: quando saimos do Brasil, em 2008, vindo pra Italia, dissemos que estariamos trazendo conosco uma CHAVE, e toda porta que Deus colocasse na nossa frente, nos abririamos!!! Entao aqui vai, mais uma porta que, percebemos que Deus tem colocado na nossa frente e nos, com muita ousadia, nao temos tido medo de abrir e entrar...sabendo que sempre ha algo de bom pra nos... sempre!!!

Agora o negocio é arregaçar as mangas e correr pra arrumar tudo que jah inicio de janeiro o Paulo deve estar em Madri pra se apresentar ao trabalho.. claro, eu e as crianças vamos logo depois, assim que estiver tudo ajeitado... mas imagina a loucura, eu aqui sozinha, o Paulo ainda trabalhando e eu tenho uns 20 dias pra arrumar tudo, cancelar coisas, ajeitar outras...??? show né.. alias, jah to tempo demais aqui.. daqui pra frente quem nao para sou eu!! MAS FELIZ!! hehehe... Assim eu tenho também uma boa desculpa de ir logo ao Brasil com as crianças pra umas merecidas "férias"... hehehehehe...

Bom, prometo manter todo mundo (que interessado) a par de nossos movimentos...

Beijao com carinho e ¡hasta la vista!!! (hehehehe)

o tempo é uma desculpa?

Olha, to vivendo um momento de reflexao intensa... hehe... drama a parte é pura verdade... parece que de tempos em tempos na nossa vida a gente faz igual a gaveta: tem que parar e limpar tudo! sobra quase nada, mas abre espaço pra coisas novas!!

Tava agora mesmo falando com uma amiga e ela dizia; "...as pessoas não me decepcionam mais, porque parei de me importar com elas (com as que decepcionam) nao vale a pena...Tanta gente boa, tantas coisas boas acontecendo, a liberdade de ir e vir, de sair de perto de quem não tem carácter e dar preferência aos que tem, pessoas boas que nos amam, e o resto, são o resto..."

Verdade, pura verdade, e a gente até sabe disso mas quem disse que consegue botar em pratica? soh com a vida, o tempo... realmente a gente vai vendo que muita gente te decepciona e que nao vale a pena mesmo, mas... quem escreve isso dentro da cabeça (e do coraçao) da gente? Facil seria se todos fossemos bem sinceros e simplesmente nos afastassemos de quem a gente nao tem vontade de estar perto... mas ixi, isso nao é "facil" mais facil de verdade é mentir, se fazer, enganar, botar uma cara e um sorriso "bonito" de foto e continuar a palhaçada... que chatice!! e o outro (no caso EU) faço papel de boba... a grande verdade? a mentira tem pernas curtas e uma hora aparece.. é bom! mas ruim ao mesmo tempo porque aih a gente descobre que passou ANOS a fio, investindo num relacionamento que na verdade nunca existiu.. e como a gente sabe disso? NAO TEM COMO! soh o tempo derruba mascaras!! e nessas horas a gente chora mas dah graças a Deus (quase sempre), pelo menos se consegue pensar, adaptar e mudar.. mudar o foco de visao... é UM SACO ficar esperando pelos outros.. ninguém é obrigado a se aproximar de ninguém, mas ser sincero tinha que ser  OBRIGACAO!!

Eu tenho refletido taaaaanto... tanto nos meus valores, onde eu gasto meu tempo e principalmente com quem! Geralmente a gente "perde", a decepçao vem a cavalo, a dor mas depois passa e a vida continua... Se alguém esta até agora tentando pensar "o que eu to tentando dizer com isso ou quem serah que fez alguma coisa"? nem precisa continuar.. nao aconteceu NADA e aconteceu TUDO ao mesmo tempo.. eu tenho visto muita coisa que tem me chateado e devagarinho vou apagando, deletando, mexendo, reorganizando.. na verdade a gente NUNCA conhece a verdade e muitas coisas vao ficando no "fundo da gaveta" e até passa despercebido...e vai continuar despercebido até aparecer!!! é assim... aih a gente consegue pensar.. "o resto é resto"...

Deus nos fez seres Humanos para nos relacionarmos entre si... Ele proprio criou o homem para relacionar-se com ele... entao, faz parte... altos e baixos também fazem parte, reflexoes também.. e juntando tudo chegamos a uma palavra: VIDA! nossa vida, nosso cotidiano, nossos relacionamentos, vida que temos, que vivemos...

O Paulo me disse que o ideal, hoje seria "zerar" o contador de amizades/ relacionamentos e começar do zero... adicionando, convidando, compartilhando... no facebook, no twitter, seria facil, basta um click... na vida? nem tanto, mas nao é impossivel.. e isso é crescimento, amadurecimento... mas o ideal nesse momento é aprender a ser totalmente sincero, principalmente consigo mesmo... quando a gente quer estar perto de alguém, tempo, espaço nao existem... detalhe? QUANDO A GENTE QUER...tempo a gente que faz... espaço? SEMPRE cabe mais um... adaptaçao? escolhas... 

Esses dias eu mesma coloquei no facebook.. 
"Crescer é dificil né... bom é ser
criança, nao se preocupar com nada, nem com 
ninguém... mas essa nao é a vida normal!! "


Bem isso... bom é ser criança... na vida normal: é pra frente que se anda! OLhar pra tras soh vai te fazer virar estatua de sal (hehehehehe).. e a gente vai aprendendo... vai aprendendo... eu vou chegar lah.. tenho tempo ainda sou nova!! a grande sabedoria dos mais velhos mora justamente aqui.. eles jah passaram por isso e aprenderam como agir... eu nao sou diferente.. estou aprendendo a cada dia, acredito que cresça a cada dia e a cada dia sou mais feliz! 

E a semana tah apenas começando... grandes expectativas, grandes projetos, grande dia pra mim amanha.. quem tah acabando é o ano, eu? to apenas começando... hehe... o futuro eu consigo ver espalhado no rosto dos meus filhos e soh me trazem esperaça, novidade, todos os dias...


Beijao enorme

o bezerro de ouro

Sabe, tava me lembrando da historia do povo de Israel, depois que saiu do Egito... descrita lah na Biblia, em Exodo... sabe aquela historia, da travessia do Mar Vermelho, beeeem conhecida! Pois é.. tava sem sono, olhando pruma imagem de um presepio (de Jesus, bebezinho na manjedoura) e fiquei pensando... lembrando que a gente costuma julgar, falar muito das coisas que os Israelitas fizeram enquanto eles estiveram no deserto... nao sei se voce acredita nessas coisas, em milagres.. eu acredito! e eles viram coisas incriveis, começando pelas pragas no Egito, passando pela travessia espetacular do Mar Vermelho... do "pao" que caia do céu...e mesmo que voce nao seja "esse tipo de cristao" sabe dessas coisas, jah ouviu essas historias...e eu, olhando pra aquela imagem ali, ia lembrando de tudo isso... porque o povo via grandes milagres, mas ao sinal da minima dificuldade logo reclamavam, olhavam pra tras... ao ponto de que, um dia, porque Moisés demorava pra descer do Monte (onde tinha ido buscar "respostas" de Deus), e na expectativa, ansiedade de algo "visivel" da parte de Deus, construiram pra si um bezerro de ouro, para adorar, precisavam "ver", precisavam tocar... bom, Moisés quando viu o bezerro, se enfureceu e muita gente morreu naquela historia, mas naquele momento, eu comecei a "entender" um pouco a cabeça do homem, ser humano, quando pensa em contruir pra si um "bezerro de ouro"...

Eu sou Crista, mas nao sou catolica, entao acredito em um Deus "invisivel" que nao se manifesta  atravez de imagens, na verdade Deus disse que nao "deveriamos nos prostrar diante de imagem alguma".. e essa é a MINHA forma de me relacionar com Deus... mas naquele momento, olhando pra aquela imagemzinha de Jesus senti vontade de que ela me trouxesse algum tipo de "resposta"... eu sei, perfeitamente que Jesus VIVE dentro de mim, que o Espirito Santo tava ali, ao meu lado, mas por alguma razao eu me sentia "vazia" e minha mente limitada, humana queria SENTIR uma voz, um toque... queria que aquele "Jesus" ali, tivesse vida e me trouxesse respostas...

Isso acontece muito quando nos sentimos sozinhos... podemos ter muitos amigos, podemos falar com eles regularmente, mas muita vezes sentimos a necessidade do TOQUE, do "olho-no-olho", da VOZ.. é ou nao é? eu sou assim, mantenho contato constante com meus amigos, minha familia, mas as vezes parece que a gente precisa OUVIR a voz, receber uma resposta... e fiquei questionando muita coisa na minha vida, principalemente esse meu "jeito de ser", essa necessidade de "nao estar sozinha"... a expectativa sempre de uma mensagem, de uma palavra de um "amigo" que muitas vezes nao vem, da lembrança que muitas vezes passa despercebida...porém... se eu tenho CERTEZA que onde eu estou, foi Deus quem me colocou ali, se eu sei que onde eu estiver Deus estara comigo por que essa necessidade de ficar tentando encontrar amigos, familia???

Enquanto a gente nao entende isso, uma hora ou outra a gente vai continuar exigindo atençao, carinho, afeto e vai continuar se decepcionando com as pessoas e vai acabar criando pra si proprio um buraco sem fundo...

Eu acho que Deus tem me ensinado muito nesses ultimos anos da minha vida e talvez até agora eu nao tinha entendido, ou nao quisesse entender... ou mesmo minha mente, limitada, achava que meu ponto de equilibrio estava nos "amigos", na "familia", nas "pessoas" palpaveis e visiveis pra mim... mas cada dia tenho percebido mais e mais que talvez eu nao esteja enxergando que eu NUNCA estive sozinha, que alguém esta sempre perto de mim... "visivel" e até "palvavel"... e de maneira nenhuma quebravel!!!

Nao acho que tenha chegado a uma "conclusao"... mas acredito que é um começo... tenho que aprender a confiar, em acreditar mais naquele que VIVE dentro de mim, do que naqueles que meus olhos humanos possam "ver"perto de mim... talvez o dia em que eu entender isso (talvez esse dia nunca chegue) sinta menos tristeza, menos saudade, menos vazio... talvez nesse dia eu me sinta a pessoa mais completa e feliz do mundo.. talvez eu nunca mais sequer pense em tocar em um "jesus" quebravel, feito em série... talvez eu me de conta que tudo o que eu preciso pra ser feliz esta ao meu redor...

Mesmo ha tantos anos conhecendo esse versiculo, soh HOJE eu entendi um pouco quao importante é ouvir.. de DEUS:

"...A minha graça te basta, porque o meu poder se 

aperfeiçoa na (tua)fraqueza..." 2 Coríntios 12:9




Infelizmente eu sou apenas humana... um dia quem sabe.... um dia...

Boa Noite!

redes sociais... que linguagem voce fala???

Certa vez eu postei no twitter: "nao adianta, nao tenho tempo pro twitter"... hehe... e logo um amigo me respondeu: "mas isso é o oposto da idéia do twitter, ter tempo é pro facebook"... hehehehehe... entendi o que ele quis dizer, mas "discordo completamente"... hehehe... sei que o twitter foi criado pro momento, pra poucas palavras...sao soh 140 caracteres, por isso nao ha "espaço", mas o que eu quis dizer é que, pra mim, twitter é pra aquela pessoa que também anda rapido, que tem o aplicativo no celular e assim é possivel estar a par do que acontece a todo momento, a toda hora (nao pra quem entra "duas" vezes no computador ao dia)... li uma frase numa revista sobre o twitter que achei bem interessante: "se ninguem se preocupa com o que voce faz, o twitter nao serve pra voce"... hehehe.. bem isso e acho que nos, "donas-de-casa" nao somos bem o tipo "twitter", porque com rarissimas exceçoes, quem cuida duma casa, nao consegue estar a todo momento de olho no que seus amigos estao fazendo nem consegue fazer atualizaçoes continuas... e no twitter, cada minuto muda tudo... por isso disse que "nao tinha tempo pro twitter"... porque tinha varias pessoas que eu "seguia" mas bastava eu ir dormir a noite, ao acordar tinha passado taaaanta informaçao que nao tinha como estar atualizada com tudo... entende? é um lugar onde tudo acontece muito rapido, de minuto, de segundo quase... especial pra profissionais que precisam mesmo serem "seguidos" pra divulgarem seu trabalho,sua disposiçao... nao acredito que ninguém se interesse pela sequencia: "acabei de fazer comida"..."uau, o fogao ficou limpinho"... "puxa, o cachorro rasgou o saco de lixo, to de joelhos limpando tudo"... hahahahahahaha... alias, os homens (e algumas mulheres)fogem justamente desta rotina e o que nao querem é estar a par das "reclamaçoes"... hahahaha (cara, to me divertindo escrevendo isso!!!) agoraaaaa... se voce segue um "cantor" vamos dizer... ou um famoso guitarrista e arranjador musical, tipo o Alexandre Vieira @alex_vieira ( hehehehe) e ele diz "estou terminando o cd do Asaph Borba"... voce fica feliz em saber e ser avisado assim que estiver a venda... é beeeeem diferente!!!

Jah no facebook o negocio acontece mais a looooooongo prazo... o ambito de "visao" é maior, mais abrangente e nada urgente, ou, pelo menos digamos que fala a um publico diferenciado de uma forma diferenciada... eu até tenho aqueles amigos mais"chegados" que tento "seguir" mais de perto, mas a linguagem é diferenciada e mesmo 24 horas depois ainda se pode ver o que tenha acontecido ou até rir de uma piada, mesmo fora de tempo!!! gosto da parte "pessoal" do facebook, sem pressa, sem pretençao... gosto de ver as muitas fotos dos albuns... gosto da interaçao... gosto da calmaaaaa.. hehe... realmente, a gente gasta um tempo no face, mas ali, o tempo para, ao contrario do twitter e pra mim que soh consigo entrar de ver em quando, porque realmente nao teria tempo "sobrando" pra ficar em cima.. ali, parece que o tempo ficou me esperando.... a noticia velha ainda é "nova" e eu consigo me sentir dentro e perto dos meus amigos... morro de rir das brigas entre torcidas... choro com as tristezas... aaaaaamo saber das novidades... adoroooo fazer novos e reencontrar velhos amigos!!!

Mas também nao acho que os dois nao tenham pontos em comum... a rede, a informaçao, o pessoal, a novidade, a euforia, o contato, o encontro, o discurso sao sim pontos em comum, a diferença é a linguagem, a forma em que esses pontos se apresentam... pra uns bons, pra outros ruins... mas passiveis de escolhas... quem adicionar/seguir... quem aceitar/ser seguido... o que escrever/quanto escrever... quem bloquear, quem rejeitar... ixi... talvez alguém discorde completamente de mim... ok.. faça sua perspectiva, essa é minha justificativa, minha visao... até porque, dizer: "prefiro o contato pessoal, visual que o eletronico" a quem esta perto da familia e dos amigos é facil... eu, que moro longe e nao vejo os amigos com tanta frequencia, qualquer "pequena novidade" é uma novidade... qualquer "detalhe" é importante e faz sim, muita diferença... (pontos-de-vista)

Também nao acho que é uma rede de fofocas... bom, na cabeça do fofoqueiro pode até ser sim, mas na cabeça de quem procura um relacionamento se chama "vida"... mas aih em tudo tem o lado bom e ruim... escolha o seu!!! Voce é daqueles que gritam? que falam muito? que usam poucas palavras? ou precisam de muuuuito espaço? gosta de se expor? é mais fechado? precisa de muitos amigos? é seletivo? tem espaço pra todos... escolha sua "linguagem" e fale mesmo... graças a Deus, nem todo mundo é igual! hehehehe

beijao com carinho... (em 158755 mil paravras... hahahahahaha.. viu como eu nao sirvo pro twitter???)

Mas o que esta acontecendo com os pais???

Gente... eu to absolutamente chocada... esses ultimos dias tenho postado algumas situaçoes que tenho visto e lido que sao de arrepiar os cabelos!!! a gente sabe que o mundo tah virando cada dia mais uma loucura... as pessoas nao estao sabendo conviver com a "modernidade" sei lah... mas parece que tah todo mundo perdendo a cabeça!!! cada vez mais as mortes noticiadas hoje em dia sao de parentes, ex-amantes, pais, filhos... abortos declarados, espancamentos.. terrivel, terrivel, terrivel!!! Eu compartilhei na minha pagina do facebook esses dias algumas noticias de pais... sim PAIS BIOLOGICOS que matam seus filhos por espancamento porque "fizeram xixi nas calças"... porque "nao queriam comer"... PELAMORDEDEUS!!!!! pessoas que submetem seus filhos a castigos horrendos, sub humanos pra que? pra que se sintam "melhor" de todo mal que estes sofreram na vida?? Por que? Por que? Por queeeeeeee???

Na mesma revista em que citei na postagem de ontem sobre a fertilizaçao in vitro e a "verdade" dita (ou nao) aos filhos li uma matéria que me fez chorar... mesmo... um pai (se é que se pode dizer assim) colocou uma criança de 3 anos (!!!!!!!!) na maquina de lavar roupas como puniçao (??????????) e ligou!!! resultado, a mae jah o retirou de lah sem vida... causa da morte? Traumatismo craniano.... forte? nao, TERRIVEL!!! e como diz minha amiga Ana Bazerque: como nao pensar em pena de morte numa hora dessas? direitos humanos? de quem???? um homem desses nao merece viver!!! E nao era a primeira vez que tinha feito isso (sim, porque se tivesse feito alguma coisa na primeira vez, nao tinha feito a segunda)... na primeira vez, tinha colocado a criança por 3 horas dentro da maquina... ficou "facil" e pra "melhorar" dessa vez ele ligou a maquina.. e eu paro a explicaçao por aqui... soh pensar na idéia me faz sentir dor... fisica.. embora eu acredite realmente que Deus nao permite que uma criança sofra nessas condiçoes... acredito que Deus a "leva" antes mesmo do sofrimento... a toma pra si, a abraça, a ama... (como nao chorar pensando nisso??? é forte demais!!!) a que ponto chega a desgraça do ser humano?? se é que se pode chamar de "humano" um SER que faz isso com uma criança de 3 anos, pior, um filho... mesmo sendo rejeitado ou "nao planejado"(como "explicou" a voh... disse que ele nao queria ter tido o filho)... e pior (serah que é possivel) uma morte, um assassinato que quase foi escondido pela mae se nao fosse a irma de 5 anos contar a uma vizinha!!!! a "mae" tinha pedido ajuda dizendo que o menino tinha caido da escada!!! e ainda ia encobrir o desgraçado?? também foi presa, por "nao ter impedido"...

Esses dias também li a historia de um homem (dito, pai) que tinha estuprado a filha de 2 anos (!!!!!!!!!!!!!!!) que acabou morrendo por hemorragia interna... e a filha de 1 estava sendo atendida em outro lugar com os mesmos "sintomas"... Olha... eu acho que a questao do "relogio biologico" feminino estar "batendo" tem sido forte demais (como explicaçao)a ponto de fazer com que as mulheres percam neuronios e fiquem BURRAS... porque apesar de os tempos serem tao "avançados" parece que ninguém pensa mais antes de "decidir" ter ou nao um filho!! ah eu quero e pronto... e acaba nisso... desamor, guerra, odio, falta de humanidade, rejeiçao e mais rejeiçao e mais rejeiçao... estamos virando uma sociedade de "meio irmaos"... e pior, tah virando "normal"... ninguém liga mais pros relacionamentos... ninguém quer mais fazer a sua parte... "nao deu, melhor separar antes que a gente brigue"... é o que a gente mais ouve por aih né... PO!! "Melhor que brigue e resolva do que separar".. principalmente se tem crianças envolvidas... estamos vivendo um tempo onde é cada vez mais "cada um por si"... e a humanidade se afoga na propria tristeza...

E insisto, o triste nisso tudo é que, na contramao dessa historia tem tanta gente querendo, lutando, pagando, dando tudo o que tem pra serem pais... tem mulher querendo adotar e espera anos na fila, trancados pela burocracia (enquanto tem aqueles que adotam e devolvem por "falta de adaptaçao")... mulheres chorando pra que possam um dia quem sabe, ter em seus braços aquele que  um dia chamara "mamae" ou "papai"... e ha quem nunca consiga.... triste, muito triste...

Sabe o que diz lah na Biblia em Mateus 24.10 a 12? (nao sou expert, apenas lembrei):


"Nesse tempo muitos serão escandalizados, e trair-se-ão uns aos outros, e uns aos outros se odiarão.


E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos. 

E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará"...


Acho que tamos chegando lah... que Deus tenha misericordia de nos!!!

Bom dia e boa semana!

fertilizaçao in vitro... como explicar ao filho?

Mas hoje eu tava lendo uma matéria interessante numa revista daqui da Italia (Gente) me chamou atençao o titulo que dizia:

"é certo (ou justo) dizer pruma criança concebida por fertilizaçao artificial (proveta - com ovulo ou espermatozoide doado) a verdade sobre como foi concebida??"

Olha, eu tenho em mim que é sempre viavel usar todos os meios modernos (e espetaculares) pra a concepçao daqueles casais que tem problemas e tal... acho que Deus deu sabedoria pros médicos, pros cientistas pra ajudarem mesmo... POREM, eu NAO me refiro ao uso de espermatozoides ou ovulos de OUTROS né.. porque aih a coisa é diferente... biologicamente a criança nao é "filha" daquele pai ou mae, e mesmo tendo sido gerado ali, pode nao se parecer com um deles e explicar depois pode ser uma tarefa complicada... entao, se explica ou nao que ela (a criança)  foi concebida dentro de um laboratorio e que um de seus pais NAO é o biologico???

Eta coisa complicada... li toda a matéria, onde cada um coloca seu ponto de vista... idéia de cientistas... idèias de médicos... opinioes de leigos (como eu)... de quem jah fez... de quem nunca faria...

Nao cabe a mim julgar a atitude em si aqui... NAO é ESSA a idéia... cada um cada um, mas é dificil né... a gente sabe que o ser humano, mesmo feliz tah sempre em busca de respostas... a "origem" é uma idéia quase obsessiva...os filhos "nao naturais" mesmo felizes sempre correm em busca da "verdade"... além de que,  tem quem diga que é uma questao de "saude", porque a gente carrega a genetica familiar conosco e muitas vezes pode ser a explicaçao por uma doença degenerativa por exemplo!!! se acontece de se esconder, omitir ou mentir mesmo sobre essa origem isso pode aparecer mais tarde... por outro lado contar, pode trazer um problema na frente ou seja... soluçao mesmo? pensar muito antes de fazer... porque eu vejo que hoje em dia as mulheres estao ao ponto de querer filho a "qualquer custo", nao lembrando que a decisao nao é unica e exclusivamente DELA... a ciencia tah ajudando muito (e os homens pouco.. hehe) na questao "concepçao" hoje em dia, mas é uma decisao  muito importante e requer pensamentos muitas vezes beeeeem adiantados, tipo, "o que eu vou dizer pro meu filho quando ele perguntar: como eu nasci?"... ou "onde estah meu pai?"... ou "se voce nao é minha mae entao quem é?"

Acho que se fosse o meu caso, de nao poder ter filhos... eu preferiria adotar que usar ovulos de outra mulher!! mas essa sou EU! Acho que a gente pode correr mesmo atras dos sonhos... mas nao a qualquer custo!! quando a gente DECIDE ter um filho, pensa "sozinha", depois, NUNCA MAIS!!!

Sei lah o que pensam, nunca conversei com ninguém sobre isso... mas a partir de agora, fiquei curiosa!!! Se quiser deixar sua opiniao aih, fique a vontade.. sem extremos tah! Mas compartilha o que diz teu coraçao!!

andando em circulos!!!

Puxa vida.. essa foi uma semana e tanto... tanto complicada e cheia que nem consegui escrever nada aqui... aconteceu de tudo.. coisas boas, ruins, novidades, arrumaçoes e foi tanto stress que afetou minha propria saude... tive uma crise de labirintite como nao tinha ha tempos... uns 2, 3 dias eu me sentia um pouco tonta, mas estava tomando meu remedio entao, tudo ok... porém bastaram 24 horas sem o remédio pra eu nao conseguir levantar no sabado, quem jah teve labirintite sabe, aquela sensaçao horrivel... eu nem levantei da cama.. soh conseguia olhar pra frente! Hehe... se olhasse pro lado parecia q ia cair... imagina a situaçao.. 2 filhos pequenos, almoço... ixi... nao deu! Alias nem sempre dah... a gente (#donas-de-casa)até tenta mas nao esta imune a tudo.. tem coisas que nos derrubam sim!!! Bom, resultado do dia... NAO DEU pra fazer nem comida nem nada, paciencia, maridao foi na farmacia pra salvar minha vida (hehe) e de quebra trouxe aquelas pizzas pra galera.. bom demais! E remedinho em punho, claro, bom mas nao milagroso, continuei sentadinha no sofa, aproveitei um soninho da Tallulah depois do almoço e caminha!!! Logo tomei a segunda dose e jah dava pra olhar pro lado... eta coisinha ruim! Quando tive pela primeira vez fiquei 1 semana sem conseguir caminhar (ou pelo menos caminhar sem cair...)

Bom hoje, acordei 100%... 90% digamos.. mas jah consegui ter uma vida normal, jah fiz comida e tudo!

E toca o barco...que a vida nao para por minha causa... nao mesmo... hehe

E a gente continua daqui... uma leve explicaçao, pro pessoal que tah sempre por perto e até se preocupa... obrigada a força galera, pelas mensagens e e-mails!

Bjao

opçao???

Acabei de ler uma matéria terrivel no site da Globo.com...


Grávida de gêmeos opta por abortar feto de 32 semanas com problema congênito, mas funcionários realizam o procedimento no bebê sadio.


Sem falar na tragedia terrivel, usar o termo "opta" é o que me mais choca nessa chamada da matéria... matar um feto de 32 semanas (porque ele tinha um problema cardiaco) nao pode ser considerado "opçao" nao mesmo, muito menos ser chamado de "aborto"... nem aos "defensores" da "opçao".. nao acredito... se matar um feto de 32 semanas nao é assassinato entao nao sei o que é... meu filho nasceu (e vive) com 28 semanas de gestaçao e jah era uma criança "completa".. imagina com 32!!! Se os médicos lutaram por sua vida, e o ressuscitaram 4 vezes, mantiveram sob respiraçao artificial e valeu...chamavam ele de "lutador", "forte"... imagina o que sentia a criança de 32 semanas q estava sendo rejeitada e morta por meio de uma injeçao letal??????? um sofrimento impossivel de se imaginar!! Olha e o final dessa historia ainda foi PIOR (se é possivel).. um erro médico matou (eu vou seguir usando esse verbo) o bebe "sadio"... misericordia!!!

Eu tenho a convicçao na minha vida que Deus nao "castiga" mas muitas vezes precisa permitir que cada um receba em retorno o que semeia nessa vida e essa mulher, plantou uma dor, um crime tao terrivel que sua "colheita" veio bem rapido... perdeu os 2 filhos!!! essa mulher deveria ser proibida de nova tentativa!! nao tem cabeça, nem merece ser mae... essa dor, esse pensamento é algo que ela nunca vai esquecer na vida... porque nao queria criar, ou conviver com a dificuldade de um bebe com problemas congenitos!!

"Talvez ele nao vivesse ou teria que enfrentar varias cirurgias durante a vida..." é a explicaçao... mas quantas familias, quantas maes criam e vivem com seus filhos com problemas mais terriveis e ainda assim nao "optam" por elimina-los... eu tenho um sobrinho "especial" que teve paralisia cerebral.. nunca falou, nunca andou... ha quase 23 anos vive como um "bebe" e minha irma nunca pensou em elimina-lo pra que ela se sentisse melhor... ou ele.. isso é historia, desculpa pra tentar dar uma explicaçao a essa terrivel idéia... matar um filho jah com 32 semanas de gestaçao, gemeo de outro... manter o SADIO, que nao daria trabalho e "optar" por matar com uma injeçao letal (existe melhor explicaçao??) aquele que seria uma "pedra no sapato"... 

E ficou sem nenhum!!! olha, graças a Deus o "sadio" foi morto.. porque imagina a dor que ele sentiria com a morte do irmao? ou voce acha que ele nem saberia que teve um irmao??? Se estudos afirmam que falar, dar carinho,ou até rejeitar um bebe mesmo dentro do ventre traz consequencias (boas ou ruins) pra uma vida inteira imagina isso??? E depois de feita a besteira... (como isso??????? por favor!!!!!) jah que o "doente" ela nao esperava ficar mesmo, foi feito o crime duplo.. matar o segundo bebe!!!

Desculpa o tom "dramatico" na historia, mas nao consigo pensar nem por um segundo em uma forma diferente de me referir a essa situaçao... nao consigo pensar em outro adjetivo a essa senhora do que assassina! fria, calculista!! Um final assustador e um futuro de muita tristeza na vida dela... que ela propria procurou! desculpa aih!

E eu paro por aqui, porque é uma dor pra mim sequer pensar nisso.. quao ruim, quao estranho é o ser humano... ou essa mulher que pode escolher entre dois filhos, qual ela queria que nao lhe trouxesse "problemas"... e sabendo que existem tantaaaas outras mulheres que sonham, gastam o que tem ou o que nao tem pra tentarem receber o premio que essa retardada rejeitou!

Deus foi mais sabio e tomou pra si os dois irmaos... sem separa-los!!!
Boa noite!

Censo Italiano

Olha estamos passando nesse tempo pelo "Censo" italiano... e devo comentar aqui porque achei espetacular a organizaçao deles... vivendo fora do Brasil tenho visto muita coisa que é mais de "organizaçao" que realmente de "verba"... ou seja, o Brasil poderia bem aproveitar melhor tempo e dinheiro em algumas coisas que faz... a coleta de lixo aqui eu acho espetacular (ok, aqui em Gallarate pelo menos.. hehe) eles tem 3 cores de sacos diferentes pra cada tipo de lixo e ele é praticamente todo reciclado... papel seco/ vidro e aluminio/ lixo organico (soh organco mesmo)/ plastico (seco) e o "outros" (que é incinerado)... o lixo nao tem aquele cheiro de lixo (porque o "outros" e o organico sao recolhidos varias vezes na semana) e o resto é todo reciclado!! show de bola! No inicio a gente estranha porque tem varios "lixos" diferentes, mas depois que vira rotina, tranquilo... e isso nada mais é que "organizaçao", nao é porque é a "Italia" nao... (até porque Napoli vive uma situaçao diferente! hehehe)... mas eu acho que um pouco de organizaçao faz muita diferença num pais, imagina o quanto é economizado nisso tudo? além de que, o lixeiro aqui vem sozinho, com um caminhao menor, recolhe sozinho o lixo e vai... cada um faz (bem) sua parte e tudo vai dando certo! ponto pra eles!!!

Mas voltando ao censo... a palavra é exatamente o que voce tah pensando, um estudo demografico, uma pesquisa pra saber sobre a populaçao, quem mora aqui, quem nasceu, quem ainda tah vivo, quem jah morreu... um tipo de pesquisa que a gente tah acostumado de uma forma com que a gente nao esta acostumado... pelo CORREIO! eu achei espetacular! cada familia recebe o formulario pelo correio, tem um tempo pra preenche-lo e o leva de volta também no correio (é obrigatorio e passivel de multa a quem nao fizer ou nao entregar em tempo habil)... mas nao pense que aqui nao tem quem nao consiga preenche-lo sozinho, pra isso existe locais onde se pode ir, pedir ajuda e fazer sua parte!! Sua parte sim,  a populaçao acaba entendendo que isso é sua obrigaçao como pessoa e nao uma "coisa do governo"... ninguém é recrutado pra trabalho extra e nao se gasta milhoes nisso... coisa de "primeiro mundo"? nao, uma idéia bem elaborada, organizada e bem executada! Bom, tem sempre os que entregam certo, os que erram tudo, os que entregam logo e os que deixam pra ultima hora (isso é mundial. hehe). Bom, a "filha do Jessé" aqui, recebeu o formulario e entregou quase no mesmo dia... hehehe... ah, e quem nao se dah bem com papéis (hehe) podia também preencher o formulario pela internet...

Show, tipo de coisa que pode muito bem ser copiada (nem sei se nao foi também) e foi muito bem feita! achei muito legal... coisas que a gente aprende nessas andanças da vida!! hehehehehe...

Mas como nem tudo sao flores, em compensaçao a burocracia aqui na Italia é ridicula... apesar de tudo informatizado eles levam bastante tempo pra qualquer coisa burocratica... bom, nem estranho, num pais, onde tudo fecha nas segundas ( sendo que nada abre no domingo), a "pausa" pro almoço é de no minimo 3 horas e no verao bairros inteiros fecham quase por um mes inteiro... e o "preguiçoso" é o brasileiro... NAO mesmo! hehe...

Boa noite

carta aos filhos: os pais

Na outra semana eu falei sobre um filme que tinha visto onde abria meus olhos sobre a questao dos filhos e a internet, os perigos e tal e ontem assisti um filme bem interessante e me fez pensar novamente, mas dessa vez nao como mae, mas como filha e como sempre, gosto de compartilhar aqui pra quem sabe, fazer a gente pensar... o filme é

"Estao todos bem" (Everybody's fine - original) com Robert de Niro

abaixo coloco a sinopse do filme:

Frank Goode (Robert De Niro) sempre trabalhou em uma fábrica de cabos telefônicos, dedicando sua vida a sustentar a família. Aposentado e viúvo há oito meses, ele aguarda a vinda dos quatro filhos - David (Austin Lysy), Robert (Sam Rockwell), Rosie (Drew Barrymore) e Amy (Kate Beckinsale) -, espalhados em várias cidades, para um churrasco em família. Entretanto, de última hora eles desmarcam o compromisso. Querendo vê-los, Frank desobedece a recomendação de seu médico e decide visitá-los em suas casas. É quando descobre que há algo de errado em suas vidas.


Depois de ficar viuvo, ele se ve sozinho, distante dos filhos que antes, tinha esse "espaço" suprido pela esposa que mantinha contato, resolvia as "pendencias" sem nunca envolve-lo nisso... o inicio mostra a expectativa dele sobre a visita dos filhos num final de semana e fica muito frustrado quando desmarcam com desculpas muito estranhas.Ele resolve entao, viajar e surpreende-los... O filme mostra um pai triste que se sente "deixado de lado" pelos filhos (mesmo sem ele saber a razao pelo qual os filhos desmarcaram a viagem), que puxa conversa com todo mundo que se aproxima dele, orgulhoso de que tendo trabalhado tanto viu todos os filhos estudarem e seguirem a carreira dos "sonhos"...


Muito interessante que, cada um que ele visitava, enxergava a imagem do filho "pequeno", criança, correndo ao seu encontro... hehe.. todo pai/mae age assim né, se negam a ver seus filhos adultos e independentes... e ele, pensando em passar algum tempo com cada um deles, encontra as situaçoes um pouco diferente do que esperava, percebe que mentem pra ele, que inventam desculpas pra nao te-lo por perto e começa a se questionar se nao tenha sido muito distante, muito exigente com os filhos e mesmo sem ter encontrado o mais novo, resolve voltar pra casa... no aviao, afundado em pensamentos, angustias e preocupaçoes tem um enfarto e depois de despertar no hospital percebe feliz que todos os filhos estao presentes, exceto, um e inclusive tem uma noticia inespertada e muito ruim ao saber que seu filho estava morto e resolve questionar entao com todos porque nao lhe contavam a verdade sobre as coisas (mesmo sem terem contato ele se deu conta das coisas que estavam erradas)... a mae estava morta, mas ele estava vivo e queria sim fazer parte de todos os momentos na vida dos filhos bons ou ruins!!


Em seus pensamentos ele se questiona ter sido muito duro ou tido muita "expectativa" com eles, mas ele proprio conclui que, como pai soh queria o melhor pra eles e jamais teria questionado suas escolhas, pois soh queria ve-los felizes (interessante que cada um que visitava, tirava fotos e a ultima pergunta era: "voce esta feliz"?)... o final é muito legal e eu nem vou contar pra deixa-los com curiosidade de ver o filme...


Eu pensava o tempo todo na minha mae, também com seus 4 filhos, adultos, muitas vezes "distantes" com seus proprios problemas... e pensava em mim, como filha, como lidava com essa nova "condiçao" de minha mae: de dona da sua vida e nao mais da nossa!!! Eu, desde que sai de casa procuro manter sempre contato com minha mae, especialmente depois que meu pai morreu... procuro tentar entender cada dia que ela TEM uma vida propria, assim como eu, mas eu tento estar perto, saber dos detalhes, compartilhar as coisas, das decisoes dela e as minhas também...sei que hoje, eu nao preciso dela pra tomar nenhuma decisao, mas gosto de deixa-la a par das minhas pra que ela nunca se sinta afastada da minha vida!

Costuma-se dizer que a gente soh entende a cabeça dos pais depois de se tornar um.. VERDADE! Realmente nossa visao muda, toma nova perspectiva, mas isso nao é desculpa pra gente nao aprender  a AMAR  e valorizar nossos pais... e como pais, a gente nao vai conseguir fugir da "expectativa"... é normal, é natural mas é bom sempre ir aprendendo ou se acostumando com a idéia que os filhos fazem as PROPRIAS escolhas.. e nao tem muito o que a gente fazer se nao estar perto (ou eles que se afastam)... hehe


Também acho que é "normal" esconder coisas dos pais, principalmente quando eles tem problemas de saude... mas tem coisas que nao devem ser escondidas, como doenças e noticias "dificeis" que virao a tona de qualquer jeito e levando como exemplo a situaçao do filme, embora eles tivessem tentando proteger o pai até terem uma noticia mais definitiva do que tinha acontecido com o irmao (filho), foi mais dificil pra ele nao saber de nada e se achar diminuido e esquecido do que a propria noticia!!!


Como sempre, situaçoes que me fizeram pensar (eu falo primeiro pra mim mesma!!!) e eu compartilho aqui, quem sabe faço voces também!


Beijao enorme e boa semana!

Um historia incrivel!!!!

Estava lendo a revista Marie Claire (brasileira) pela internet e me deparei com essa historia incrivel... comecei a ler, me emocionei muito mas amei a forma tao "tranquila" como essa mulher conta sua historia, desde que descobriu que estava com cancer de mama... nunca tinha visto uma descriçao tao forte e tao "simples" sobre esse maldito "fantasma" que ronda nossa vida e na hora, obviamente resolvi compartilhar aqui com voces... Aqui vai a historia, na integra:


“Decidi casar depois de receber uma sentença de morte dos médicos”

A jornalista inglesa Eleanor Jeffrey descobriu um câncer de mama no ano passado. A doença se espalhou para outros órgãos, enquanto ela vivia o auge da paixão com seu então namorado, um produtor de TV. Mesmo com a perspectiva de ela não viver até a próxima virada de ano, ele decidiu pedi-la em casamento. Leia aqui o depoimento que ela deu ao jornal inglês :

"Navegando em um site de produtos para casamento há algumas semanas, eu estava prestes a clicar em 'Comprar' em alguns cartões de ‘reserve a data’, quando os meus dedos hesitaram sobre o teclado. Meus olhos se encheram de lágrimas, enquanto eu olhava para o meu computador e mil pensamentos acelerados passaram pela minha cabeça. Meu noivo Tom e eu reservamos um castelo no interior da Inglaterra para o nosso casamento. Escolhi um vestido vintage para andar pelo corredor. Mas quando chegou a um clique de distância de confirmar minha data de casamento, em junho de 2012, tive um momento de hesitação, porque, de acordo com meus médicos, eu poderia não viver para ver isso.
No início deste ano, eles disseram que o câncer que venho lutando contra há 18 meses é terminal. Tenho 28 anos e, segundo especialistas médicos, eu não vou viver para ver o ano novo, e muito menos para o próximo verão.
Foi na primavera do ano passado que senti pela primeira vez uma coisa esquisita no meu peito esquerdo, quando tomava banho de manhã. Fui a um pronto-socorro perto de casa e eles me disseram que era "apenas uma coisa hormonal”. Desconfiei do diagnóstico. Três semanas depois, fui a um ginecologista e fiz uma biópsia e uma ultra-sonografia. Descobri meu câncer de mama naquele mesmo dia... (cont...)

Vestido novo... vintage

UAU!!! finalmente consegui dar uma "vestimenta" nova pro meu blog... tava "sofrendo" com isso ha tempo, porque olhava aqui e ali e nao chegava a algo que eu gostava... queria uma coisa mais moderna e "nao moderna" ao mesmo tempo. Queria um blog com mais visualizaçao, mais conteudo, mais interativo mas queria algo com a minha cara, meu estilo... eu tenho, pessoalmente um estilo mais "antigo", mais vintage (hehe).. gosto de coisas com cara e estilo de antigos, de classicos, se preferirem... minhas roupas, meu jeito é todo assim, bem "pessoal".. e procurava algo assim, essa "roupa" nova com cara de antiga... minha unica certeza: o PINK, minha cor preferida (mesmo parecendo muito "mulherzinha" pra mim... hehe) e eu fui atras.. corre daqui dali, busca ajuda aqui e ali ...porque parece mas NAO é tao simples assim dar corpo a esse layout, mas graças a Deus contei com minhas fiéis "escudeiras" Daniela e Carolina do Clube das maes e pais blogueiros e depois de MUITA "costura", alguma coisa de enchimento, acessorios e um toque bem pessoal tah aih, a nova roupa de
hehe...
na essencia? nao mudou nada.. hehe... aumentaram as idéias isso sim!! Quando a gente bota roupa nova nao tem vontade de ficar socado em casa né? Quer sair, se mostrar... pois agora minha cabeça ferve... quero tentar mais interaçao, mais papo, mais diversao e  mais, muito mais amizade!

De volta e de vestido novo.
Espero que voces tenham gostado.. eu AMEI!

(ainda nao tah 100% terminado, mas é agora a gente começa a colocar aqueles "acessorios" que fazem toda a diferença, mas isso vem vindo com o tempo)

 obrigada o carinho de sempre, beijao enorme em todos!


chegando lah


To chegando lah...

um pouco mais de paciencia e essa doidera vai tomar uma forma "normal".. hehe

bjao

uma carta aos pais: coisa de filme??

Hoje eu assisti um filme muito interessante... um filme que nao é um "blockbuster", nunca tinha ouvido falar dele, nao teve grandes expectativas mas um filme espetacular, verdadeiro, quase um documentario... um filme, que na minha opiniao, toda mae e pai deveria assistir, sabe por que? Porque fala do perigo, do "bicho-papao" dos dias de hoje: a pedofilia, mascarada pela internet!

o filme: TRUST (Confiar - em Portugues) - com Clive Owen

Nossos filhos hoje, vivem num mundo que, indiferente do que nos pensemos a respeito, esta aih, dentro na nossa casa... fingir que nao existe? ter medo de falar sobre isso? tabu? nao vai ajudar em nada e voce pode acabar sofrendo uma situaçao semelhante à relatada no filme...

em obras...

Desculpa  a confusao mas eu to mexendo no lay out.. tentando achar alguma coisa mais com a minha cara, experimentando outras, mexendo, melhorando... talvez isso aqui mude umas mil vezes... se voce entrar aqui e achar "bem legal" algum deles, deixe um coment...

Vamos ver o que vai dar! hehe

bjao

(o banner que fiz pra colocar no layout novo)


O Brasil e seus canibais.. resposta da FUNAI

Segue aqui a resposta da FUNAI a minha questao... existe ou nao canibais no Brasil? resposta que nem a Secretaria de Turismo soube responder... vale a informaçao!



Carla, boa tarde!
                   Fiquei deveras chocado com o que  afirmou a não tão conceituada revista,  que ,além  de tantas asneiras, veiculou tamanha inverdade sobre o Brasil, notadamente sobre  a existência de cabibalismo aqui no Brasil.
                   Canibalismo existia, sim, uando da chegada  dos primeiros europeus a esta Pindorama (nome que os indígenas dava a este lugar) atual Brasil. Isso é fato. Afirmo a vocês que, no Brasil, não existe canibalismo, nem mesmo entre os indígenas  de pouquíssimos contatos e, tampouco, o tão aventado infantícídio, que muitos insistem, irresponsavelmente, em propagar.

                  O que existe muito, no meio da Floresta Amazônica, são as onças. Mas não se pode culpá-las de nada, pois estão no seu habitat.
                  O que mais tem na Amazônia, e suas florestas, são turistas. E como eles  adoram ficar dias, e até mesmo, semanas vivendo nas florestas, com os ribeirinhos. São para eles, viagens inesquecíveis.
                  Vc não está sendo, em hipótese alguma,  estúpida, ao fazer tal pergunta. Estupida é a afirmação veiculada, pela não tão conceituada revista, de  aqui existe canibalismo.
             
                  O único risco do turista, ao visitar o Brasil, e sua riquíssima floresta, é  não querer voltar mais ao seu país de origem. Apenas isso!
                   Atenciosamente,
                                      Mário Moura
                                      Ascom/Funai

Feito! Obrigada a quem esteve por perto, quem respondeu, comentou lah na revista... bjao

O Brasil e seus canibais... resposta da revista

Como havia citado no post O Brasil e seus canibais, escrevi uma carta pra redaçao da revista OGGI (www.oggi.it/posta) e recebi uma resposta!! como algumas pessoas entraram em contato comigo porque nao conseguiram entender bem o que foi dito, vou colocar aqui a traduçao pra todo mundo, que tiver interessado, entender o que aconteceu...

Segue o link:
http://www.oggi.it/posta/lettere/2011/11/03/cannibali-in-brasile-pochi-ma-ci-sono-ancora/#comments
e minha carta, a integra, primeiro como esta escrita e logo abaixo a traduçao:

titulo (que a jornalista me deu como resposta):
CANIBAIS NO BRASIL? SAO POUCOS MAS AINDA EXISTEM...


Minha carta:
"Sono sotto shoc!
Io sono brasiliana e da anni vivo in Italia. Ho un abbonamento di oggi e mi piace tanto, però ho letto qualcosa di assurdo: una materia parlando dei Cannibali… IN BRASILE????? ma stai scherzando?????? e anche mette Brasile nei luoghi dove “la vacanza può trasformarsi in tragedia”!!!! ma dove???non racconta nessuna storia, ma mette Brasile in “pericolo a gli stranieri”!!!!!!!!!!????????????????????????
Ho voluto scrivere perché sono in shock ed offesa con questa storia…per persone come queste è che tanti pensano in Brasile come una jungla… ancora… per favore.. prima di dare 2 pagine a questo “scrittore” un può di “research” …(atuale)
Grazie
Guimaraes Siciliani Carla Cristina, Gallarate"



traduçao:
"Estou em choque. Eu sou brasileira e ha anos vivo na Italia. Tenho uma assinaturada revista Oggi e eu gosto muito, mas eu li uma coisa absurda: Uma matéria falando de canibais... no Brasil???? Ta brincando????  e até coloca o Brasil como um lugar onde "passar férias pode se tornar uma tragédia"!!! Mas onde? Nao conta nenhuma historia mas coloca o Brasil em "perigo aos estrangeiros"!!!!!?????
Eu quis escrever porque estou chocada e ofendida com essa historia.. por causa de pessoas como estas é que tantos ainda pensam no Brasil como uma Floresta.. ainda... por favor... antes de dar essas 2 paginas a este "escritor" façam um pouco de pesquisa... (atual)
Obrigada"


e a resposta da jornalista que escreveu a matéria:
"Emerge dalla mia intervista a Mariano Pavanello, ordinario di Antropologia e direttore del dipartimento di Storia, Culture e Religioni dell’università La Sapienza di Roma: “Il cannibalismo di guerra o rituale, vivo fino alla prima metà del secolo corso, è scomparso. Ma in alcune aree del mondo (le segnaliamo, sinteticamente, sulla cartina) sopravvivono forme stregoniche cosiddette di ritorno. E dove la manipolazione (e a volte il traffico) di organi umani è ancora presente”.
Per quanto riguarda il Brasile, cara lettrice, i “resti” di queste abitudini si palesano (per fortuna di rado) in aree inaccessibili al turista. Per esempio alcuni lembi della giungla amazzonica.
Gabriella Montali"


a traduçao:
A resposta sai de uma entrevista com Mariano Pavanello, Professor de Antropologia e Diretor do Departamento de Historia, Cultura e Religiao da Universidade "La Sapienza" (a sabedoria) de Roma: "o canibalismo de guerra ou ritual, muito comum na primeira metade do século passado, nao existe mais. Mas em algumas areas do mundo (que nòs assinalamos na matéria (exatamente onde esta assinalado o Brasil)) ainda sobrevivem em forma de bruxaria e onde a manipulaçao ( e o trafico) de orgaos humanos sao ainda presentes".
Em se tratando do Brasil, cara leitora, a continuaçao desta pratica (felizmente rara) continuam em areas inacessiveis aos turistas. Por exemplo, em algumas partes da Floresta amazonica.
Grabiella Montali

E eu ainda coloquei:
Questa risposta chi mi stai dando qui é veramente diversa da quella scritta nella revista!! Se sono in aree inaccessibile, perché é Brasile (de nord a sud) in rosso como un luogo dove “la vacanza può trasformarsi in tragedia”?? non mi sembra cosa giusta da dire…
Ho fatto contatto con la Fondazione Indigena in Brasile e ritorno dopo con una informazione “ufficiale” si ai bisogno, perché per me, questa “intervista” è stato davero di informazione razzista e pregiudiziale.
grazie per la risposta

traduçao:
" Esta resposta que me deste é verdadeiramente diferente daquela escrita na revista!! Se existem em areas inacessiveis entao porque o Brasil (de norte a sul) esta marcado em vermelho como um lugar onde "passar as ferias pode se transformar em tragedia"?? Nao me parece uma coisa certa (justa) a dizer.
Eu fiz contato com a Fundaçao Indigena no Brasil e depois retorno a voces com uma informaçao"oficial" se voces precisam, porque pra mim, essa intrevista contém informaçoes racistas e preconceituosas."

Estou esperando a resposta da FUNAI e do Ministério de Turismo pra poder mandar a eles, mas interessante que outras pessoas fizessem comentarios nessa carta (http://www.oggi.it/posta/lettere/2011/11/03/cannibali-in-brasile-pochi-ma-ci-sono-ancora/#comments)pra que eles se deem conta que esse tipo de matéria preconceituosa e racista nao tem mais sentido algum. Ja dah pra ver que a resposta dela foi bem mais "light" que a materia da revista, jah levando ela a responder no sentido... "nao foi bem assim".

Acho que fiz minha parte, além de mostrar pra eles que o Brasil nao esta cheio de macacos, burros, ignorantes e prostitutas como muitas ainda pensam aqui...

abraços




O Brasil e seus canibais

O titulo daria pra ser considerado piada se nao fosse "real".. pelo menos prum idiota com uma matéria numa revista conceituada aqui na Italia... Seguindo na linha dos "estrangeiros retardados que resolvem dar pitacos e opinioes sobre um Brasil que eles nao conhecem"... (hehe)

Eu tenho assinatura da revista OGGI aqui na Italia... uma revista de noticias, politica, atualidades, fofocas... hehehe.. ou seja, tem de tudo um pouco, mas revista é revista... quando ha boa informaçao, boa matéria, a gente até gasta um tempinho lendo mas de vez em quando a gente ve umas coisas que começa imaginando: "alguém deve ter pago pra inserir essa matéria aqui.. nao pode ser!"... E foi exatamente o que aconteceu na ediçao dessa ultima semana... ela chegou, e como eu sempre faço, compro meu paozinho, faço meu capuccino, sento e tomo meu café fazendo meu "treinamento matinal de italiano" (hehehe).. mas eu tenho uma mania, primeiro, eu passo o olho em toda a revista.. folha por folha, dou uma olhada geral e depois com calma, vou aonde me chamou mais atençao... nessa "passada" uma matéria me chamou atençao pelo titulo: "CANIBALISMO: ainda existe e assusta" e logo abaixo a foto do mapa mundi com alguns paises assinalados de vermelho e chamou MAIS atençao a legenda: "nesses lugares passar férias pode se tornar perigoso"... talvez nao fosse tao estranho se, nesse mapa, de vermelhe nao estivesse assinalado TODO O BRASIL!!!e aih choquei, me indignei e fui ler a matéria com muita calma e cada vez me convencia mais... ESSE CARA é UM COMPLETO IDIOTA!! fala, fala, fala e nao diz nada... cita o exemplo de um turista Alemao que foi encontrado morto na Polinésia (agora) e se desconfia que tenha sido devorado por alguma tribo canibal... Se além dessa nao confirmada situaçao o cara tivesse colocado alguma historia veridica, algum fato, usasse o nome de alguma tribo, nem estaria achando tao absurda essa matérias, mas o cara é um verdadeiro preconceituoso (muuuuuuito comum aqui na Italia) e cita alguns paises da Africa, Cuba E o Brasil (inteiro) como lugares "perigosos" por "perigo de canibalismo" com "predileçao a estrangeiros de longe brancos e loiros"!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! e aqui eu me joguei!! genteeeee, achei o CUMULO da idiotice, do sem sentido, do sem noçao essa criatura!!! Daonde??? esse animal (porque nao tem nome melhor), de certo nem conhece o Brasil, ou Africa, muito menos Cuba!!!!! o retardado devia tar com sua matéria atrasada, porque deram uma pontinha pra ele nessa ediçao que tava precisando de enchimento (pelo jeito), pegou um livro de 1812 e botou as estatisticas e idéias como atuais... é a UNICA explicaçao.. se bem que apesar de haverem tribos indigenas bem tradicionais no Brasil eu NUNCA ouvi falar de tribos canibais!!! hehehehe.. Nem preciso dizer que na mesma hora mandei um email pro editor chefe da revista fando do absurdo e me dizendo indignada com essa matéria e pior, com a estatistica!!! Inclusive compartilhei com meus amigos do face pra que outros também pudessem entrar em contato com a redaçao da revista pra reclamar da idiotice publica!!

Interessante que hoje estava lendo uma outra revista que também resolveu colocar uma matéria sobre Canibalismo (by Manuel Monteiro), POREM de uma forma inteligente, baseada em fatos e nao em pré-conceitos... nessa caso, ele fala inclusive: "se voce acha que isso é uma coisa que acontece numa tribo distante, em meio a rituais primitivos, esta enganado... os casos sao mais 'comuns' que se imagina, e nao na Africa ou em nenhum pais de 3o. mundo, mas aqui na Europa (Italia inclusive!!),Inglaterra e  Estados Unidos também"... e ele cita casos, fatos concretos, ATUAIS de loucuras de namorados largados, assassinos em séries ou até "apaixonados" que sao mortos e comidos, num ritual maluco, patologico mesmo... e isso faz da Europa um lugar "perigoso" pra se passar férias??? Nao, o unico perigo aqui é a estupidez e a mente pequena dessa gente que se acha melhor que os outros e nao se dah conta que ninguém tah sozinho nesse mundo... desde Hittler jah se aboliu a idéia da procura de uma "raça pura"...  mas parece que alguns italianos nao sabem disso ainda...

Segue as informaçoes de casos reais, comprovados, de atos de canibalismo nos dias de hoje:


Andrea Chikatilo, o “Monstro de Rostoff”; entre 1982 e 1991 comeu pelomenos 55 crianças;
Jeffrey Damer, o “Monstro de Milwakee”: entre 1985 e 1994 comeu pelo menos 11 pessoas;
Peter Custen, o “Monstro de Dusseldorf”: no inicio do século comeu pelo menos 9 mulheres;
Fiedrich Haarmann, o “Monstro de Hannover”: entre 1918 e 1927 comeu pelo menos 27 adolescentes;
Nikolaj Dzhumagaliev, um serial killer do Kazaquistao entre 1947 e 1988 comeu ao menos cem mulheres;
Tsutomu Miyazaki, o “Monstro di Tokyo”: entre 1970 e 1989 Comeu ao menos 4 crianças... 

... E outras historias... Mas o cara (o primeiro) poderia ter gastado uns minutinhos no GOOGLE antes de escrever a infeliz historia e nao passaria por idiota!

A gente ve cada uma... beijo e bom dia!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Carlinha com bicho-carpinteiro © 2011 | Designed by Ibu Hamil, in collaboration with Uncharted 3 News, MW3 Clans and Black Ops